Divulgação de ranking de melhores e piores funcionários na intranet é considerada vexatória

O Banco Santander (Brasil) foi condenado ao pagamento de indenização a uma bancária de Pouso Alegre (MG) em razão da cobrança excessiva de metas, que incluía a divulgação de um ranking dos melhores e dos piores funcionários na intranet. A Primeira Turma do Tribunal Superior do Trabalho negou provimento aos recursos do banco, ficando mantida a decisão condenatória.

PROCESSO: AG-ED-RR-871-71.2013.5.03.0129


Link original

Powered by WPeMatico